Quanto Custa Estudar Medicina Na Argentina

Não é segredo para ninguém que estudar medicina no Brasil é inviável para a grande maioria das pessoas, até mesmo as públicas geram gastos indiretos bem altos. Mas já se perguntou quanto custa estudar medicina na Argentina?

Caso nunca tenha se questionado a respeito, se o fator financeiro for um gargalo para você, está na hora de começar a pensar na hipótese. Apesar de ainda não ser muito conhecido pelos brasileiros, é uma ótima oportunidade.

Não há a necessidade de prestar vestibular e os pré-requisitos principais são ter cursado o ensino médio e saber falar espanhol. Quer saber se isso é viável financeiramente? Descubra agora neste artigo.

Quanto custa estudar medicina na Argentina: programe-se

Sem mais delongas: quanto custa estudar medicina na Argentina? Primeiramente, vamos fazer uma comparação com os valores praticados aqui no Brasil.

Somente o valor da mensalidade de um curso de medicina costuma ser de R$6000 até R$10000. É um valor realmente considerável, mesmo com bolsas de estudo se torna impraticável para a maioria das famílias brasileiras.

Em contrapartida, na Argentina esse valor fica em torno de R$650 até R$2.350. É extremamente mais em conta, não é mesmo?

É claro que o valor ainda fica impossível para muitas famílias, mas o grande diferencial da Argentina é que as opções públicas são bem mais acessíveis aqui no Brasil.

E quanto custa estudar medicina na Argentina em uma faculdade pública? Assim como em nosso país, o curso em si é gratuito.

Porém, sabemos que para conseguir estudar em uma Federal ou Estadual é preciso vencer uma concorrência gigantesca.

Há quem estude há anos e ainda não conseguiu atingir o seu sonho, há quem desistiu pelo caminho e seguiu outra profissão. Mas para nenhum dos casos o sonho pode ser dado como perdido!

Na Argentina, como dito anteriormente, não há a necessidade de vestibular. Além das documentações e burocracias, você precisará realizar um curso introdutório.

É claro que você deverá se sair bem, mas conseguir garantir a sua vaga na faculdade é muito mais fácil.

Conseguindo uma faculdade pública, por exemplo, é possível custear toda a estadia com menos de R$2000 mensal a depender da região.

Quais são os prós e contar de estudar na Argentina

Sabendo o quanto custa estudar medicina na Argentina, resta conhecer um pouquinho mais dos prós e contras dessa ideia.

Prós

Primeiramente, podemos citar a grande economia como um ponto positivo de alta relevância.

Além disso, a qualidade das universidades Argentinas é de alto padrão. Inclusive, muitas são consideradas uma das melhores do mundo.

Outro ponto muito positivo é toda a experiência que você irá passar ao decorrer do ano. Morar fora já promove grande crescimento pessoal, em outro país isso fica ainda mais intenso.

Contras

Como ponto negativo, podemos citar a distância da família. Isso, de fato, pode ser um ponto bem negativo para muitas pessoas.

Entretanto, com o tempo as coisas e com novas amizades a saudade é amenizada. E, claro, sempre há períodos de férias. A Argentina é vizinha do Brasil, sendo possíveis encontros relativamente frequentes.

Tenha uma agência profissional te acompanhando

A forma mais segura, prática, rápida e barata de estudar medicina – ou qualquer outro curso – na Argentina é contando com uma agência para lhe assessorar nesse processo.

Dentre as possibilidades do mercado, a TFA é uma das que mais se destaca. Com 14 anos de atuação, é registrada na Argentina e Espanha – além do Brasil, claro.

Entrando em contato com a equipe da TFA você conseguirá um valor ainda mais preciso de quanto custa estudar medicina na Argentina e, também, entenderá melhor do processo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para o topo