Quanto custa viver na Argentina

Muitos brasileiros sonham em viver na Argentina, porém a grande questão a ser enfrentada é com relação ao custo de vida, se vale ou não a pena morar neste país. Contudo, não é um sonho tão distante da realidade dos brasileiros.

Se você deseja estudar na Argentina, ficou mais fácil depois do período de pandemia, a capital da Argentina se tornou um sonho muito possível porque o Real vale muito mais que o peso Argentino nos dias de hoje.

Por conta desta grande desvalorização da moeda Argentina, fez com que o país se tornasse um destino bastante favorável para o público brasileiro.

Para viver na Argentina é necessário ter visto?

A Argentina é um país bastante flexível no que se refere às leis de imigração. Isso acontece devido ao acordo do Mercosul, que facilita para que os brasileiros consigam viver na Argentina de forma legal.

Para pedir residência os brasileiros podem realizar de duas formas, através do consulado da Argentina ou uma vez que já esteja em território argentino. Pois o país possibilita a entrada como turista em um período de 90 dias o que é suficiente para resolver todas estas questões.

De acordo com o tipo de visto, sendo ele para trabalho, estudo ou negócios os documentos requeridos podem ser diferentes, porém de maneira básica para qualquer tipo de estrangeiro que deseja viver na Argentina, os documentos necessários são:

  • O formulário de solicitação do visto;
  • Apresentar o certificado de antecedentes penais;
  • Comprovar domicílio;
  • Apresentação da carteira de identidade ou do passaporte;
  • Realizar o pagamento de uma taxa também será necessário.

Uma vez que é recebida autorização de residência o estrangeiro deve solicitar a sua DNI ou documento de Identidade Argentino como é conhecido, que deve ser solicitado junto a polícia local.

Pois somente a partir deste documento será possível providenciar outros documentos importantes para a cidadania Argentina, como, por exemplo, o CUIL que é equivalente ao CPF brasileiro, este documento vai garantir a legalização como trabalhador.

Qual é o custo mensal para se viver na Argentina?

Logicamente que esse custo de vida vai variar de cidade para cidade, porém podemos estabelecer uma média de quanto mais ou menos ficaria alguns valores baseados no ano de 2019.

  • Moradia

Os valores gastos com moradia podem variar entre R$450,00 a R$1100,00 nos casos de residências universitárias. Este valor pode variar em casos de apartamentos mobiliados que podem chegar de R$1000,00 a R$2000,00 por pessoa.

  • Alimentação

Levando em consideração o cardápio de cada um de maneira pessoal, os valores podem variar entre R$600,00 a R$850.

viver na Argentina

  • Material didático

Neste caso estamos referindo a relação de xerox e material escolar sem levar em consideração os livros, que em sua maioria das vezes podem ser emprestados de bibliotecas e para universitários possuem vários descontos nas livrarias. O valor gasto é em média de R$130,00.

  • Transporte público rodoviário e metrô

Em Buenos Aires o valor da tarifa de ônibus fica em média em R$1,83 e o metrô na base de R$2,04.

  • Transporte por aplicativo

Os transportes por aplicativos ainda são ilegais dentro do país, contudo as taxas são até 30% mais baratos do que no Brasil.

A estimativa é que os gastos variam entre R$1500,00 a R$2000,00 por pessoa, no caso de estudante seria acrescido mais o valor da mensalidade no caso de universidades particulares.

Viver na Argentina: Conclusão

Ao final podemos concluir que viver na Argentina não é uma tarefa tão difícil como muitos imaginam. E se você sonha estudar medicina este é um país muito legal para isto, e nós da TFA possuímos os pacotes mais completos comparados com qualquer assessoria!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para o topo